Festival Varilux de Cinema Francês será exibido no Cineteatro São Luiz de terça (11/6) a sábado (15/6)

Nesta semana, de terça (11/6) a sábado (15/6), entra em cartaz na programação de cinema do Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), o Festival Varilux de Cinema Francês. Com ingressos que variam de R$5 a R$10, as exibições possuem as entradas mais baratas da cidade.

Entre os 11 títulos que serão exibidos, encontra-se o marco da cinematografia francesa “Cyrano de Bergerac” (em exibição no dia 14/6 às 16h15), de Jean-Paul Rappeneau. Inspirado na famosa peça de Edmond Rostand, a versão apresentada tem Gérard Depardieu como protagonista e completa 30 anos de lançamento. O filme, de 1990, já foi visto por cerca de 4,8 milhões de espectadores na França e por 1,7 milhão no estrangeiro.

“Asterix e o Segredo da Poção Mágica” (em exibição no dia 15/6 às 10h) também integra a lista. Famoso no mundo inteiro não só nos quadrinhos como nas telas do cinema, o gaulês Astérix volta ao Festival acompanhado do inseparável amigo Obelix.

A história da luta dos franceses por seus direitos também será uma das temáticas apresentadas pelo festival. Em julho deste ano comemoram-se 230 anos da Tomada da Bastilha e o longa “A Revolução em Paris” (em exibição no dia 12/6 às 16h), de Pierre Schoeller, revisita parte desta história. A produção, que foi construída a partir de uma pesquisa de quase seis anos e custou 17 milhões de euros, reúne um elenco excepcional formado por nomes como Louis Garrel, Adèle Haenel, Izïa Higelin, Gaspard Ulliel, Laurent Lafitte, Olivier Gourmet e Denis Lavant.

Outro filme em destaque é “Meu Bebê” (em exibição no dia 12/6 às 14h). Depois da parceria em “Um Reencontro” e “LOL – Rindo à Toa”, a diretora Lisa Azuelos e a atriz Thaïs Alessandrin voltam a trabalhar juntas nessa produção. Mãe e filha na vida real, as duas trazem para o filme parte de suas histórias pessoais.

Abuso sexual é tema de duas produções do Varilux: “Inocência Roubada” (em exibição no dia 12/6 às 19h) e “Graças a Deus” (dia 13/6 às 19h). Romper o silêncio para desfazer o tabu em torno do tema e alertar para o número de casos de abuso sexual são algumas das motivações dos realizadores ao levar para as telas filmes que abordam pedofilia.

Confira a programação completa:

DIA 11/06 (TERÇA-FEIRA)

19h [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS | AMOR À SEGUNDA VISTA
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: 12 anos
Direção de Hugo Gélin | 2019 | Comédia | 1h58
Sinopse: Da noite para o dia, Raphaël se vê mergulhado num mundo no qual nunca encontrou sua esposa Olivia. Como ele vai fazer para reconquistar a mulher da sua vida, que se tornou uma perfeita desconhecida?

DIA 12/06 (QUARTA-FEIRA)

14h [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS | MEU BEBÊ
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: 12 anos
Direção: Lisa Azuelos | 2019 | Comédia dramática | 1h27
Sinopse: Héloïse é mãe de três filhos. Jade, sua “caçulinha”, acabou de fazer 18 anos e vai sair do ninho para continuar seus estudos no Canadá. Ela se lembra dos momentos compartilhados, de uma terna e profunda relação mãe-filha e antecipa tanto a partida que vai se esquecer de viver o presente.

16h [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS | A REVOLUÇÃO EM PARIS
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: 14 anos
Direção: Pierre Schoeller  | 2018 | Drama histórico | 2h01
Sinopse: Em 1789, sob o reinado de Luís XVI, o povo francês rebela-se contra a monarquia e exige uma transformação na sociedade baseada nos princípios de liberdade, igualdade e fraternidade. A Revolução em Paris, cruza os destinos de homens e de mulheres comuns com figuras históricas. No coração da história, há o destino do rei e o surgimento da República.  

19h [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS | INOCÊNCIA ROUBADA
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: 12 anos
Direção: Andrea Bescond e Eric Metayer | 2018 | Drama | 1h43
Sinopse: Aos oito anos, Odette gostava de pintar e desenhar, como toda criança inocente. Eventualmente, ela também brincava com os adultos, por isso não recusou participar de uma “guerra de cócegas” com um homem mais velho, amigo de seus pais. Anos depois, Odette é uma adulta assombrada pelos traumas da infância, algo que ela vem tentando esquecer através da dança, sua profissão.

DIA 13/06 (QUINTA-FEIRA)

19h [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS | GRAÇAS A DEUS
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: 14 anos
Direção: François Ozon | 2019 | Drama | 2h17
Sinopse: Alexandre vive em Lyon com a esposa e os filhos. Um dia, ele descobre, por acaso, que o padre que abusou dele enquanto era escoteiro ainda prega junto às crianças. Ele inicia, então, um combate, ao qual se juntam, rapidamente, François e Emmanuel, também vítimas do padre, para “liberar a palavra” sobre o que sofreram e criam um grupo de apoio para aumentar a pressão na justiça por providências. Mas, eles terão que enfrentar todo o poder da cúpula da Igreja.

DIA 14/06 (SEXTA-FEIRA)

14h [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS | BOAS INTENÇÕES
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: 12 anos
Direção Gilles Legrand  | 2018 | Comédia dramática | 1h40
Sinopse: Sempre envolvida em uma série de trabalhos humanitários, Isabelle, professora de francês, vê-se em concorrência no centro social no qual trabalha. Ela vai então levar seus alunos a fazerem um curso inusitado de alfabetização.

16h15 [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS | CYRANO DE BERGERAC
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: 12 anos
Direção: Jean-Paul Rappeneau | 1990 | Comédia dramática | 2h15
Sinopse: Poeta sentimental, filósofo emotivo e dualista hábil, Cyrano é apaixonado pela bela Roxanne, mas não a paquera por vergonha do seu grande nariz. Ao invés disso, ele escreve cartas de amor para o lento, mas charmoso Christian para que ele conquiste a mão da donzela. Ela acaba se apaixonando perdidamente pelo autor, mas não sabe que foram escritas pelo Cyrano.

19h [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS | CYRANO MON AMOUR
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: 12 anos
Direção de Alexis Michalik | 2019 | Comédia dramática | 1h49
Sinopse: Dezembro de 1897, Paris. Edmond Rostand ainda não completou 30 anos, mas já tem dois filhos e muitas angústias. Desesperado por trabalho e há dois anos sem conseguir escrever, ele propõe ao renomado ator Constant Coquelin uma nova peça, uma comédia heroica, em verso. Assim começa a escrever essa peça na qual ninguém acredita, mas por enquanto, ele só tem o título: Cyrano de Bergerac.

DIA 15/06 (SÁBADO)

10h [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS  | ASTÉRIX E O SEGREDO DA POÇÃO MÁGICA
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: Livre
Direção: Louis Clichy e Alexandre Astier | 2019 | Animação | 1h25
Sinopse: Asterix e Obelix precisam ajudar o velho druida Panoramix a encontrar um novo guardião para a poção mágica da Gália. Durante a viagem pela região, eles devem impedir que a receita caia em mãos erradas, dando início a uma inesperada aventura.

14h [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS | UM HOMEM FIEL
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: 12 anos
Direção: Louis Garrel | 2018 | Comédia romântica | 1h15
Sinopse: Marianne deixa Abel por Paul, seu melhor amigo e pai de seu futuro filho. Oito anos depois, Paul morre. Abel e Marianne voltam a namorar, despertando sentimentos de ciúmes tanto no filho de Marianne, Joseph, quanto na irmã de Paul, Eva, que secretamente ama Abel desde a infância.

16h [CINEMA] FESTIVAL VARILUX DE CINEMA FRANCÊS | O MISTÉRIO DE HENRI PICK
Entrada: R$ 10,00 (inteira) e R$ 5,00 (meia entrada) | Classificação Indicativa: 12 anos
De Rémi Bezançon  | 2019 | Comédia | 1h40
Sinopse: Em uma estranha biblioteca no coração da Bretanha, uma jovem editora descobre um manuscrito extraordinário que imediatamente decide publicar. O romance se torna um best-seller. Mas seu autor, Henri Pick, um bretão fabricante de pizza que morreu dois anos antes, nunca teria escrito nada além de suas listas de compras, segunda a viúva. Convencido de que se trata de uma fraude, um famoso crítico literário decide liderar a investigação.