Exibição do espetáculo “As Canalhas” em alusão ao dia do orgulho LGBTQIA+

Após a exibição, Christiane de Lavor, Davi Alenquer e Régis Amora participam de uma conversa virtual sobre estética, intenções e valores da produção cênico-musical.


Unindo cultura e representatividade, o Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), recebe, neste sábado (12), às 18h, o espetáculo “As Canalhas”. O experimento cênico-musical - montado no contexto da pandemia, entre outubro e dezembro de 2020 - é protagonizado por Davi Alenquer e Mizza Alves, dois potentes artistas da cena cearense LGBQIA+ que, através da linguagem artística, promovem reflexões sobre a censura e o fascismo e levantam questionamento sobre os padrões pré-estabelecidos. Gravada no palco principal do São Luiz, a produção será exibida através do site e do canal do YouTube do Cineteatro.


Foto: Henrique Kardozo

“Nosso maior objetivo com esse espetáculo é falar de resistência a partir da música. As Canalhas tem inspiração nos shows de protesto que aconteciam nos anos 60, no auge da Ditadura Militar, onde os artistas tinham a música e sua liberdade poética para questionar o que o Brasil vivia na época. Montamos um espetáculo onde a base é a música e conseguimos unir repertórios de artistas como Gabriel, o Pensador e Jards Macalé num contexto único.”, destaca Davi Alenquer.


O espetáculo conta a história de duas senhoras que são expulsas do reino de Braseiro por sua postura contestadora e libertária, e, por conta disso, exiladas em um reino distante. Os artistas abordam problemáticas contemporâneas que compõe a realidade das populações minoritárias sempre com viés bem-humorado, lançando mão do sarcasmo e ironia como ferramentas que suscitam estratégias de sobrevivência em meio às convenções sociais.


A música, como já citado, exerce papel fundamental para o experimento, sendo um terceiro personagem. Por vezes deslocadas do sentido original de suas composições, trazem um novo significado para suas letras quando estas encontram-se com as personagens, o que gera no espectador a devida compreensão dos desafios que os personagens enfrentam. Alenquer garante: “Se conseguirmos passar metade da energia da gravação, será emocionante!”.


Foto: Henrique Kardozo

“As Canalhas” integra a faixa de programação Curta Mais Teatro, que tem como objetivo a promoção de espetáculos de teatro e musicais de alta qualidade artística e técnica. A programação potencializa a aproximação do público com a linguagem, fomentando a valorização das artes cênicas e do fazer teatral produzido por artistas cearenses e nacionais.


Bate-Papo pós espetáculo



Foto: Henrique Kardozo

Após a exibição, a jornalista e atriz cearense Christiane de Lavor media uma conversa virtual sobre a estética, as intenções e os valores da produção cênica-musical “As Canalhas”, com o ator e bailarino Davi Alenquer e com o fotógrafo Régis Amora. A live, que também pode ser acompanhada no canal do São Luiz no Youtube, é uma oportunidade para que os espectadores conheçam mais acerca dos artistas e dos bastidores da produção.


Bailarino da BCAD Cia de Dança durante 18 anos, Davi Alenquer também é figurinista e transformista. Com a personagem Camilly Leycker já circulou pelos principais teatros e casas de shows do Ceará. Em 2017, lançou sua fotobiografia “Tempo Imperfeito”, premiada pelo I Edital de apoio a projetos com temática LGBT do Ceará.


Finalista do prêmio La Salita, na Espanha, com o ensaio Corpos, Régis Amora circulou com seu trabalho em festivais internacionais de fotografia como Outono Fotográfico, na Galícia e Encontros da Imagem, em Portugal. Em 2018 foi premiado no 69º Salão de Abril com o trabalho “Cine Casa” e em 2019 abriu a exposição Linha de Costa, junto ao Descoletivo, no Museu de Arte Contemporânea do Ceará. Para este ano prepara a individual “A Estética da Montação”, selecionada no Edital das Artes 2018 da Secretaria de Cultura de Fortaleza.


SERVIÇO


Data: 12/06 (Sábado) às 18 horas

[Curta mais Teatro] “As Canalhas”

Classificação indicativa: 12 anos

Onde: no site https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/curtamaisteatro e no canal do Youtube do Cineteatro São Luiz https://www.youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza


Foto: Henrique Kardozo