“Cena São Luiz” traz temática “Memória e Resistência” em seu terceiro episódio

Neste domingo (18), às 18h, estreia mais um episódio do Cena São Luiz, a WebTV do Cineteatro São Luiz. Sob o comando da atriz, jornalista e apresentadora Christiane de Lavor, o palco principal do equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) recebe dois grandes dramaturgos, diretores e atores cearenses: Herê Aquino e Ricardo Guilherme. O episódio também conta com exibição dos espetáculos “O Ano que não acabou” dirigido por Herê e “Frei Tito” escrito por Ricardo. Já no quadro “Cultura na Praça”: a história e a arte do Palhaço Colorau e seu parceiro Ronaldo.

Foto: Guilherme Silva e Henrique Kardozo

O programa também conta com exibição do show de Mona Gadelha e Lúcio Ricardo, gravado no São Luiz, e no quadro “Um minuto É Tudo” as mais diversas personalidades respondem em apenas um minuto à provocação “qual é a diferença entre existir e resistir?”. A programação virtual vai ao ar pelo canal de Youtube e site do Cineteatro.


Os entrevistados


Dois grandes dramaturgos, diretores e atores cearenses, Herê Aquino e Ricardo Guilherme se encontram no palco do Cineteatro, onde tantas vezes se apresentaram, para revisitar momentos marcantes de suas carreiras e debater as influências do passado no contemporâneo.


Herê Aquino é diretora, pesquisadora e professora de teatro, iniciou sua carreira em 1990 quando fundou o Grupo Expressões Humanas e acumulando prêmios de Melhor Espetáculo, Direção, Ator, Atriz, Sonoplastia, Iluminação, entre outros. O foco de sua pesquisa está voltado para a ritualização no teatro, com ênfase na poética do espaço cênico e no homem em situação de representação e enquanto indivíduo e identidade cultural.


O espetáculo que dirige “O ano que não acabou”, peça premiada nacionalmente em 2002 no Concurso de Dramaturgia Carlos Carvalho (RS), também será exibido nesta edição do Cena São Luiz. A obra, do Grupo Expressões Humanas, visita às duras memórias do período da ditadura militar brasileira sob o ponto de vista daqueles que não tinham um envolvimento direto na luta contra o regime, mas que perderam parentes e amigos.

Foto: Guilherme Silva e Henrique Kardozo

Em 2020, Ricardo Guilherme completou 50 anos de carreira. Dramaturgo, diretor teatral, historiador, roteirista, escritor e professor da Licenciatura em Teatro da Universidade Federal do Ceará (UFC), formulou a teoria e o método do Teatro Radical Brasileiro em 1988. Também tem uma teatrografia de mais de cem espetáculos realizados, conquistados na trajetória nacional e internacional.


Ricardo foi quem escreveu, entre 1983 e 1985, o texto da peça “Frei Tito: vida, paixão e morte”. O texto é uma espécie de reportagem teatral e aborda fatos marcantes relativos à geração que no Brasil encarnou a vanguarda de uma militância revolucionária. “Frei Tito: vida, paixão e morte” ganhou menção honrosa no Concurso Internacional de Obras Teatrais do Terceiro Mundo (UNESCO-Caracas, 1987). O espetáculo que também será exibido neste episódio conta com direção de Graça Freitas, elenco composto por Maria Vitória, Leonardo Costa e William Mendonça, direção musical de Rami Freitas e montagem do Grupo Formosura de Teatro.

Foto: Guilherme Silva e Henrique Kardozo

Cultura na Praça


O quadro dedicado aos artistas de rua do Centro da cidade recebe o palhaço Colorau e seu parceiro Ronaldo. Autênticos saltimbancos, Colorau e Ronaldo falam de suas experiências no circo e nas ruas e refletem sobre as condições atuais da arte de rua na cidade.


Foto: Guilherme Silva e Henrique Kardozo

Show


Mona Gadelha e Lúcio Ricardo surgiram na cena cearense no final dos anos 70, encerrando a década com a marcante participação no projeto “Massafeira Livre”. Foram transgressores e iconoclastas numa época conservadora e sob o governo da ditadura militar. Nesse episódio, os pioneiros do rock cearense, Mona Gadelha e Lúcio Ricardo reinterpretam clássicos do rock no Ceará.


Foto: Guilherme Silva e Henrique Kardozo

Serviço


Dia 18/10 (domingo), às 18h

Cena São Luiz - Episódio Memória e Resistência

No canal no Youtube https://www.youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza e site no Cineteatro https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/cenasaoluiz

Programação virtual com acesso gratuito


CINETEATRO SÃO LUIZ
Rua Major Facundo, 500 - Centro | Fortaleza - Ceará |  CEP: 60025-100

Bilheteria: (85) 3252.4138
De Terça a Sábado – 10h às 18h30

© 2020 – Cineteatro São Luiz |  Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Ascom Cineteatro São Luiz

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • Telegram
  • Whatsapp