top of page

Cine Educação | “Pureza” e “Servidão” no São Luiz em ação do TRT, com presença de Renato Barbieri

Esta semana, o Cineteatro São Luiz tem edição especial do Cine Educação. Dessa vez, em parceria com o Tribunal Regional do Trabalho da 7ª Região, por meio do Programa Justiça com Arte, a faixa de programação exibe gratuitamente dois filmes, “Pureza” (2022) e “Servidão” (pré-estreia), dirigidos por Renato Barbieri, que estará presente nas sessões. A ação conjunta promove debate sobre o trabalho escravo contemporâneo, nos dias 13 e 14 de setembro, às 13h30, com entrada gratuita.

Frame do filme "Pureza" (2022)


A partir de diferentes perspectivas, mas pela linguagem do cinema, o TRT do Ceará junto com o Cineteatro promovem o Programa Justiça com Arte como um momento de discussão sobre direitos humanos no campo do trabalho, com intuito de sensibilizar não só os servidores da justiça mas também o público em geral. Para os dois dias de Cine Educação, além do diretor dos dois filmes, Renato Barbieri, participam dos debates após exibição a Juíza Daiana Gomes Almeida (TRT7), o Procurador Antônio de Oliveira Lima (PRT-CE) e os Auditores-Fiscais Daniel Arêa Leão Barreto e Luiz Freitas.


“Pureza”, com exibição dia 13, é um filme baseado na história real de Pureza Lopes Loyola. Na trama, Pureza (Dira Paes) é uma mãe solo que mora com seu filho, Abel (Matheus Abreu), em uma pobre região do Maranhão. O jovem resolve deixar o local para buscar emprego em um conhecido garimpo, com a promessa de dar uma vida melhor para a matriarca. Após meses sem notícias do filho, Pureza resolve sair em busca do rapaz. Durante a jornada, ela encontra uma fazenda que emprega um sistema de aliciamento e cárcere de trabalhadores rurais, a famosa escravidão moderna, além do desmatamento ilegal de florestas. Lutando contra um sistema perverso e poderoso, esta batalhadora mulher enfrentará a tudo e todos que ficarem à sua frente.


Já no dia 14, o documentário “Servidão” vem como pré-estreia. A Lei Áurea foi assinada em 1888, porém até hoje estima-se que existam uma média de 369 mil brasileiros vivendo em relações de trabalho escravo. Através de depoimentos de abolicionistas modernos e trabalhadores rurais que foram vítimas da escravidão contemporânea, o documentário investiga a sociedade brasileira que continua a subjugar a mesma categoria de pessoas há cinco séculos.


Sobre o Cine Educação

O projeto “Cine Educação” visa promover no Cineteatro São Luiz, gratuitamente, o diálogo entre a sétima arte e a educação por meio de exibições audiovisuais seguidas por debates e/ou aulas com finalidades pedagógicas e formativas. São realizadas especialmente em parceria com instituições de ensino médio públicas e privadas, mas também com universidades e demais instituições formativas, que podem sugerir temas e programações ao Cineteatro São Luiz.


Inscrição de propostas

Para se inscrever no Projeto “Cine Educação”, a instituição (ou seu representante) precisa enviar solicitação para o endereço: osaoluizenosso@idm.org.br e preencher o Formulário de Inscrição enviado em resposta. Posteriormente, a equipe de produção do Cineteatro São Luiz entra em contato para confirmar os dados e estabelecer, em comum acordo com a instituição, o encaminhamento das atividades.


<< SERVIÇO >>


[CINEMA] Cine Educação e Projeto Justiça com Arte (TRT7) exibem gratuitamente “Pureza” e “Servidão” no Cineteatro São Luiz

Datas: 13 e 14 de setembro de 2023 | Horário: 13h30 | Classificação indicativa: 14 anos (Pureza) e 12 anos (Servidão)

Local: Cineteatro São Luiz (R. Major Facundo, 500 - Centro, Fortaleza - CE)

Entrada GRATUITA


Dia 13 de setembro (quarta)

13h30 [CINEMA] “Pureza”

Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: 14 anos

Direção: Renato Barbieri | 2022 | Drama | 2h08 | Áudio: Português

Elenco Principal: Dira Paes, Flavio Bauraqui, Matheus Abreu


Dia 14 de setembro (quinta)

13h30 [CINEMA] “Servidão”

Entrada: Gratuita | Classificação Indicativa: 12 anos

Direção: Neto Borges, Renato Barbieri | 2023 | Documentário | 1h12 | Áudio: Português



bottom of page