Cineteatro São Luiz celebra Dia dos Pais com show de Edinho Vilas Boas e filhos

Entre canções autorais e algumas releituras, o espetáculo “Ouro de Mina”, de Edinho Vilas Boas, traz a herança artística recebida pelos filhos, além de ser um grito a favor da vida e do respeito. Neste show, Vinícius Vilas Boas faz a bateria, violino e outras percussões; Yayá Vilas Boas, piano e violão, também divide com o pai, vocais e composições. A voz e violão é de Edinho, responsável pelos arranjos e direção musical. O show em homenagem ao Dia dos Pais estreia neste domingo (8), às 16h, através do site e canal de YouTube do Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult).


Foto: Guilherme Silva

Cantor e compositor cearense, Edinho Vilas Boas foi premiado em vários festivais pelo Brasil e já dividiu palcos e gravações com grandes artistas, como Dominguinhos, Roberto Menescal, Luiz Melodia e Jorge Vercillo. O artista destaca nesse novo trabalho, canções feitas na sala de casa, antes e durante a pandemia, além de outras surpresas musicais.


No setlist de “Ouro de Mina”: “Retumbante”, “Para Você” e “Para Ser Amor”, de Edinho Vilas Boas; “Amar-te” e “Terra do Fogo”, de Edinho e Raul Maxwell; “Versos do Acaso”, composição de Edinho com sua filha, Yayá Vilas Boas; “Brado”, de Edinho e Shirley Diógenes; “Oitavo Mar” de Gabriel Nascimento e Yayá; “De Maré em Maré”, de Edinho e Jefferson Portela; “Naquela Mesa” de Sérgio Bitencourt; e “O Mundo é Um Moinho”, de Cartola.


Fotos: Guilherme Silva

Sobre Edinho Vilas Boas

Edinho Vilas Boas é cantor, violonista, compositor e técnico em música formado pelo Instituto Federal. O artista vem numa ascendente carreira, sendo premiado em diversos festivais. Acompanhado de Luciano Franco, Roberto Menescal e banda, foi o cantor principal do show “Sonho ou Canção” (2019) no Teatro Rival (RJ) e no Jazz B (SP). Edinho cantou com Luiz Melodia a música “Diz que eu fui por aí”, em show realizado no BNB Clube, em Fortaleza (CE), e participou de duas faixas do DVD "Luar de sol", de Jorge Vercilo. Viveu em 2005 o malandro no espetáculo "A Ópera do Malandro", de Chico Buarque. Fez turnê em Portugal apresentando o show “Vila Portela”, além de ter fechado um circuito com a rede francesa Fnac, levando o espetáculo para Lisboa, Coimbra e Algarve.

Edinho Vilas Boas lançou três discos próprios e um DVD. O primeiro foi o álbum "Hoje à Noite", que traz a participação especial de Dominguinhos. O segundo, "Vida Voz e Violão", foi gravado ao vivo no Teatro Sesc. Depois vieram: “Retumbante” e o DVD “Forró Brasileiro”, onde canta com Cristina Amaral, Adelson Viana, Waldonys, Flávio Leandro, Irah Caldeira, Chambinho do Acordeon e Marcos Lessa.


Serviço


[Dentro Do Som] “Ouro de Mina” - Edinho Vilas Boas e filhos

Dia 08/08 (domingo) - Dia dos Pais, às 16h

➜ Onde: aqui no site e canal no YouTube do Cineteatro

Classificação: Livre

Duração: 50 minutos


Foto: Guilherme Silva