Cineteatro São Luiz recebe o espetáculo “Fados, Choros e Canções”, de Marivalda Kariri

Além de marcar o lançamento do CD/DVD, o espetáculo ainda celebra os 80 anos da artista


O Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult Ceará), gerido pelo Instituto Dragão do Mar (IDM), irá abrir as cortinas para receber o show dos 80 anos de Marivalda Kariri. O espetáculo acontece no domingo, 17 de outubro, às 18h, com a presença do público.



Intitulado “Fados, Choros e Canções”, a apresentação marca o lançamento do CD/DVD, que carrega o mesmo nome. A atividade também celebra as oito décadas de vida e 75 de carreira da cantora, compositora e cineasta cearense. Além de seu Grupo Kariri, a intérprete ainda irá receber convidados especiais, como os maestros Tarcísio Sardinha e Adelson Viana; os percussionistas Mingo Araújo e Igor; e os instrumentistas Lauro Viana e Márcio Rezende.

No repertório, a artista proporcionará ao público um intercâmbio cultural, que une a cultura do nordeste com a portuguesa, com a apresentação de músicas portuguesas, choros, fados e mornas.


A artista Marivalda Kariri, comentou sobre o desejo de gravar e executar música popular portuguesa nesse momento da sua carreira. “Sempre fui apaixonada por esse repertório, e gravei alguns fados ao longo da minha carreira. Dessa vez, quero abordar essas músicas, assim como choros e outras composições, para dar mais sofisticação e sentimento à comemoração dos meus 80 anos”, comenta. Marivalda já gravou mais de 25 discos e suas músicas estão disponíveis em todas as plataformas digitais.

Sobre Marivalda Kariri

Maria Valníria Pinheiro, melhor conhecida como “Marivalda Kariri", nasceu no sertão de Milhã e, após perder a sua mãe, cresceu num colégio católico de Recife (PE). Lá ela tomou gosto pelas canções de igrejas e pelo forró de raiz, virando fã de Jackson do Pandeiro e chegando a conhecê-lo pessoalmente. Foi o cantor quem reforçou com as autoridades da escola que Marivalda devia virar cantora profissional.


Nos anos 70s, Marivalda gravou em São Paulo repertório de choros e forró tradicional, conhecendo lá o seu parceiro musical e esposo, o músico gaúcho Zeca Costa. Com ele formou a dupla romântica "Duo Diamante".


Na década de 80 e após uma turnê de sucesso com Luiz Gonzaga, que virou o seu amigo e conselheiro, Marivalda instalou-se na Amazônia e desenvolveu suas composições próprias, nas quais mistura humor com música de raíz e o som do pop internacional. Após recuperar-se de diversos problemas de saúde, Marivalda apresentou o show "50 anos de veredas e caminhos", gravado em DVD ao vivo no teatro Dragão do Mar de Fortaleza (CE).


Em 2016, a artista apresentou o longa-metragem "A Rainha e Seus Reis de Barro" com uma estreia de luxo no Cineteatro São Luiz para mais de mil pessoas. No filme, ela narra a sua vida e a dos outros ícones da cultura cearense: Messias Holanda (cantor), Zé de Manu (sanfoneiro) e Pedro Bandeira (poeta e repentista). A cantora é a única do grupo ainda viva. Atualmente, Marivalda prepara um show especial para ser apresentado na Europa.

Medidas de biossegurança

A retomada das atividades de shows, espetáculos de teatro e dança e visita guiada no equipamento se dará através de protocolo de biossegurança, tendo em vista e atendendo todos os “Protocolos de Reabertura do Governo do Ceará”.


Dos 1.050 lugares, serão disponibilizados 301, atendendo às normas gerais dos protocolos que estipulam espaçamento em zigue-zague, obedecendo ao distanciamento mínimo de 1,5 metros entre as cadeiras.


Não será permitida a entrada nem a permanência de pessoas sem uso de máscaras. É recomendado higienização das mãos, obrigatoriedade de distanciamento social e etiqueta respiratória (tossir e espirrar com proteção do cotovelo e da máscara). Serão disponibilizados quatro totens com álcool em gel 70% para higienização das mãos nos seguintes pontos: porta de entrada principal, Foyer e na entrada de cada um dos banheiros do piso inferior (dois).


O uso dos banheiros será restrito a duas pessoas por vez. A saída da sala de exibição após a sessão será feita por no mínimo três e no máximo cinco portas laterais (a depender da quantidade de público), respeitando a seguinte ordem: primeiro as fileiras próximas à saída, terminando com as mais distantes. Vale ressaltar que após toda sessão será realizada a higienização e a sanitização das poltronas e banheiros.


Serviço

80 Anos de Marivalda Kariri - Fados, Choros e Canções

Entrada: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00 (meia entrada) à venda na bilheteria e no site da Sympla a partir do dia 22/09 (quarta-feira)

Classificação Indicativa: Livre | Duração: 50 min Data: 17/10 (domingo) Horário: 18h Local: Cineteatro São Luiz - Palco Principal (R. Major Facundo, 500 - Centro)