Documentário sobre o Conjunto Palmeiras estreia na nossa programação online

O filme teve sua estreia na telona do Cineteatro São Luiz na mesma faixa de programação que hoje é online, a Semana do Audiovisual Cearense, e apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará por meio do XI Edital Ceará de Cinema e Vídeo.


Foram 9 anos entre produção, gravação e finalização, 80 horas de material bruto gravado a ser decupado. Por fim, o filme de 56 minutos da cineasta e psicóloga Edlisa Barbosa, lançado no ano de 2014 e intitulado “Palmas” conta a história, através do olhar de seus próprios protagonistas, do Conjunto Palmeiras (Fortaleza), seu intenso movimento de reivindicações e lutas, além da genialidade de uma população que criou sua própria moeda e o primeiro banco popular comunitário do Brasil, o Banco Palmas. Essa história incrível e ainda desconhecida por muitos estreia na programação online do Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), nesta quinta-feira (02/07), às 20h.



Para entender essa história, é preciso conhecer a origem do Conjunto Palmeiras. Em 1973, movida por interesses de especulação imobiliária, a Prefeitura de Fortaleza desapropriou 1.500 famílias de suas casas na zona costeira da Capital. Essas famílias foram transferidas para um local sem a mínima infraestrutura de moradia, a mais de 20km de seu local de origem, e iniciaram um intenso movimento de reivindicações e lutas. Foi para resolver os problemas socioeconômicos dos moradores que a comunidade criou a sua própria moeda, chamada de "Palmas", e o primeiro banco popular comunitário do Brasil.


A exibição faz parte da faixa de programação Semana do Audiovisual Cearense que todas as quintas, sempre no horário das 20h, estreia um filme cearense no canal no YouTube do Cineteatro, bem como em seu site. A programação, após a estreia, fica disponível por tempo indeterminado nas mesmas plataformas de lançamento.



Edlisa Barbosa Peixoto ganhou alguns prêmios pelo roteiro deste filme, chegando a receber bolsa espanhola para trabalhá-lo em Madrid por 3 meses com tutoria de realizadores ibero-americanos. Especializou-se em audiovisual e meios eletrônicos pela UFC. Realizou alguns curtas, como o videodança “Isto não é uma Lata” selecionado pela Bienal Internacional de Dança de Par em Par de 2008 e “O gesto, a Voz, O Olho” em direção conjunta com Alexandre Veras e selecionado na mostra não competitiva do Festival Etnográfico do Recife.


Serviço

Exibição do filme “Palmas” de Edlisa Barbosa

02/07 às 20h

No canal no YouTube do Cineteatro e aqui no site

Direção: Edlisa B. Peixoto | Documentário | Brasil | 2014 | 56 min


Ficha Técnica

Direção / Realização: Edlisa B. Peixoto

Pesquisa: Edlisa B. Peixoto

Roteiro: Edlisa B. Peixoto/ Armando Praça

Produção: Edlisa Peixoto / Camila Batistele / Cesar Teixeira

Som: Danilo Carvalho

Edição: Vitor Furtado/Alexandre Veras/ Marco Rudolf

Pós- produção de Imagem: Edlisa B. Peixoto/Alexandre Veras/ Vitor Furtado

Pós- produção de som: Danilo Carvalho


CINETEATRO SÃO LUIZ
Rua Major Facundo, 500 - Centro | Fortaleza - Ceará |  CEP: 60025-100

Bilheteria: (85) 3252.4138
De Terça a Sábado – 10h às 18h30

© 2020 – Cineteatro São Luiz |  Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Ascom Cineteatro São Luiz

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • Telegram
  • Whatsapp