exibição inédita e digital do programa “Arquivo de Cera” de Nirez ocorre neste domingo (6)

“Arquivo de Cera: de programa de rádio para a internet”, de autoria do jornalista, historiógrafo, memorialista e colecionador cearense, Miguel Ângelo de Azevedo, conhecido nacionalmente como Nirez, é uma produção em formato digital de uma edição do programa de rádio “Arquivo de Cera”, que conta com aspectos singulares da música brasileira gravada em discos de 78rpm. Essa edição, super especial, foi gravada em vídeo e faz sua estreia no meio digital através do site e do canal no YouTube do Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), neste domingo (06), às 18h. O projeto foi aprovado na convocatória Arte em Rede.



O programa “Arquivo de Cera” foi criado por Nirez em 1963, atualmente vai ao ar nos domingos, pela Rádio Universitária FM, difundindo a música brasileira gravada em discos de 78rpm, sempre com informes históricos sobre cada gravação apresentada. Por estar no ar ininterruptamente, desde junho de 1963, constitui-se como o mais antigo programa do rádio cearense, ainda em atividade, incluindo as frequências AM e FM.

Nirez, que é considerado um dos maiores guardiões da memória histórico-cultural do Ceará, tem a música como uma de suas paixões. Começou a colecionar discos de 78rpm nos anos 1950 e possui uma das mais importantes discotecas especializadas do País. Aos discos, soma-se uma grande coleção de livros especializados sobre MPB. Juntamente com o pesquisador Jairo Severiano, Nirez organizou e produziu os LPs “Revolução de 30” (1998), “Revolução de 32” (1982) e “O Ciclo Vargas” (1983), editados pelo SESC e Fundação Roberto Marinho, e o LP “Memória da Farmácia”, nos 50 anos dos Laboratórios Roche, em 1981. É autor de vários livros sobre a discografia brasileira, entre eles “O Balanceio de Lauro Maia” (1991); a “Discografia Brasileira em 78rpm - 1902-1964”, produzida em parceria com os pesquisadores Alcino Santos, Grácio Barbalho e Jairo Severiano (editada pela primeira vez em 1982 pela Funarte/Xerox) e “A História Cantada no Brasil em 78 rotações” (2012).


Arte em Rede

Este projeto foi selecionada no Arte em Rede - Convocatória para seleção de projetos artísticos digitais. A iniciativa se insere dentro de um conjunto de iniciativas que o Governo do Ceará, a Secretaria da Cultura do Estado e sua Rede de Equipamentos, geridos pelo Instituto Dragão do Mar, vêm realizando com o objetivo de promover e movimentar a criação, difusão e economia artística e cultural do Estado.


Serviço

Cineteatro São Luiz exibe edição inédita e digital do programa “Arquivo de Cera” de Nirez

no dia 06/09, às 18h,

no site do Cineteatro https://www.cineteatrosaoluiz.com.br e em seu canal no YouTube https://www.youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza


CINETEATRO SÃO LUIZ
Rua Major Facundo, 500 - Centro | Fortaleza - Ceará |  CEP: 60025-100

Bilheteria: (85) 3252.4138
De Terça a Sábado – 10h às 18h30

© 2020 – Cineteatro São Luiz |  Todos os direitos reservados
Desenvolvimento: Ascom Cineteatro São Luiz

  • Facebook
  • Instagram
  • Twitter
  • YouTube
  • Telegram
  • Whatsapp