Festival Choro Jazz nas Casas acontece de 25 a 27/2 com shows online

Em tempos de pandemia, o Festival Choro Jazz, realizado anualmente em Fortaleza e Jericoacoara, chega à sua 11ª edição na forma de Festival Choro Jazz nas Casas, que acontece de 25 a 27 de fevereiro de 2021, com shows inéditos gravados no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza, transmitidos sempre a partir das 20h, no YouTube do Cineteatro e da Capucho Produções. Uma edição inteiramente online, com grandes músicos do Ceará para o Brasil.

Os shows foram gravados com toda a qualidade de áudio e vídeo, no Cineteatro São Luiz, em Fortaleza, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult). Para muitos, o mais belo cinema de rua do Brasil, inaugurado em 1958, cenário perfeito para dialogar com cada uma das apresentações especialíssimas deste ano em que os músicos seguem tendo o desafio de, à distância, tocar a sensibilidade do público.


Espetáculo "Bordando o Sete" de Samuel Rocha. Foto: Divulgação / Tainá Cavalcante

O público poderá acompanhar seis shows de artistas e grupos cearenses, sempre privilegiando a musicalidade do encontro, como gerador de novas possibilidades, em apresentações concebidas especialmente para o festival, mantendo as características do Festival Choro Jazz. Uma realização da Capucho Produções, em parceria com o Cineteatro São Luiz e o Instituto Dragão do Mar. Um projeto patrocinado pela Secretaria Estadual da Cultura, por meio do Fundo Estadual da Cultura, com recursos provenientes da Lei Federal número 14.017, de 29 de junho de 2020, através da Lei Aldir Blanc, e apoiado por Governo do Estado do Ceará, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal - Pátria Amada Brasil.


Show de Stênio Gonçalves. Foto: Divulgação/Tainá Cavalcante

Na quinta-feira, 25/2, às 20h, a festa tem início com o choro contemporâneo de Samuel Rocha e seu projeto "Bordando o Sete", um trabalho elaborado entre influências da grande matriz da música brasileira e composições de Samuel, ao violão de sete cordas, e parceiros. Um dos projetos mais aplaudidos na capital cearense ao longo de 2020. No mesmo dia será exibido, às 21h30, o show de Stênio Gonçalves, guitarrista, compositor, arranjador que representa a nova e efervescente cena jazz de Fortaleza e traz ao Festival Choro Jazz nas Casas o som de seu quarteto.


Show de Nayra Costa. Foto: Divulgação / Tainá Cavalcante

Na sexta-feira, 26/2, às 20h, o público aplaude online os shows de Nayra Costa, cantora já descrita como uma força da natureza. Também representante dessa cena jazz, ao lado de grandes instrumentistas, em um espetáculo impressionante. Dona de uma musicalidade diversificada, Nayra vem reforçando cada vez mais sua opção pelo jazz, em shows bastante elogiados, ressaltando da pesquisa de repertório ao figurino.


Show de Marcus Caffé. Foto: Divulgação / Tainá Cavalcante

Na mesma noite, às 21h30, o cantor Marcus Caffé, um dos mais destacados intérpretes de Fortaleza, de longa trajetória e vários espetáculos montados, traz ao público do Choro Jazz nas Casas sua homenagem a João Gilberto, a síntese da batida de violão e da voz, da forma de cantar e dizer as coisas, da bossa nova.




Fechando o festival, no sábado, 27/2, às 20h, o Duo Matos convida a percussionista Raquel Lopes para um show de múltiplas influências e de afirmação de novíssimos nomes da cena cearense. E o Choro Jazz nas Casas se encerra, às 21h30, com mestre Nonato Luiz, uma escola do violão brasileiro em composição, arranjo, estilo e performance. Um universo autoral personalíssimo, com a marca dos grandes autores, registrado em obras em diversos songbooks e aclamadas em turnês anuais pela Europa. Coisa de um mestre universal e ao mesmo tempo profundamente cearense, em um show, no Choro Jazz nas Casas, com participação de outro grande mestre: o violonista, compositor e professor Tarcísio Sardinha, nome fundamental da música do Ceará para o Brasil.


Duo Mator e Rachel Lopes. Foto: Divulgação / Tainá Cavalcante

O Festival Choro Jazz nas Casas é uma realização da Capucho Produções, em parceria com o Cineteatro São Luiz e o Instituto Dragão do Mar. Um projeto patrocinado pela Secretaria Estadual da Cultura, por meio do Fundo Estadual da Cultura, com recursos provenientes da Lei Federal número 14.017, de 29 de junho de 2020, através da Lei Aldir Blanc, e apoiado por Governo do Estado do Ceará, Secretaria Especial da Cultura, Ministério do Turismo, Governo Federal - Pátria Amada Brasil.


Nonato Luiz. Foto: Divulgação / Tainá Cavalcante

SERVIÇO:

11º Festival Choro Jazz - Choro Jazz nas Casas

Shows transmitidos pelo YouTube do Cineteatro São Luiz

Quinta, 25/2

20h - Samuel Rocha – Bordando o Sete

21h30 - Stênio Gonçalves

Sexta, 26/2

20h - Nayra Costa

21h30 - Marcus Caffé

Sábado, 27/2

20h - Duo Matos e Raquel Lopes

21h30 - Nonato Luiz e Tarcísio Sardinha