Programação presencial de fevereiro tem início com Maratona de Séries

É no contexto de origem das narrativas sequenciadas no cinema - as séries -, que o Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), exibe gratuitamente, de 4 a 13 de fevereiro, algumas obras que marcaram época e que revivem, para as novas gerações, nomes lendários da sétima arte, como Bruce Lee, Johnny Weissmuller, Maureen O'Sullivan, Buster Crabbe e Jean Rogers.

“Herdeiros da tradição dos fascículos literários quinzenais do final do século XIX, publicações repletas de histórias de aventura e ação que faziam a festa de novos e veteranos leitores, os episódios seriados logo foram adotadas pelo cinema, tornando-se um modelo de produção consagrado junto ao público e logo adotado por outros veículos de mídia nascentes, como a televisão.”, explica o Curador e Programador de Cinema do Cineteatro, Duarte Dias.

Ainda de acordo com Duarte, é natural que a mesma literatura, irmanada com outra então recente manifestação artística, os quadrinhos, fornecesse também o combustível para essa nova vertente de criação artística, com obras que instigassem a imaginação dos leitores/cinéfilos da primeira metade do século XX.

Foi assim que “When Worlds Collide” (Quando mundos colidem), romance de ficção científica de Philip Wylie e Edwin Balmer, de 1933, deu origem a tirinha de jornal intitulada “Flash Gordon”, criação de Alex Raymond, que logo se transformaria em revista em quadrinhos e série cinematográfica. O mesmo aconteceria com várias outras histórias, como a de “Tarzan”, criação de Edgar Rice Burroughs, que seguiria o roteiro “tirinha de jornal-livro-cinema-televisão” a partir de 1912, ano de sua estreia.

A programação completa pode ser conferida no canal de telegram do Cineteatro: https://t.me/CineteatroSaoLuiz



Serviço

Maratona de Séries

De 4 a 13 de fevereiro no Cineteatro São Luiz

Entrada gratuita - 144 lugares

Cineteatro São Luiz - Rua Major Facundo, 500