Confira a programação virtual do Cineteatro São Luiz neste fim de semana

Neste fim de semana, a programação virtual do Cineteatro São Luiz, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), traz o espetáculo “Praia das Almas”, da Paracuru Companhia de Dança, na sexta-feira (5), às 19h e show “Paraíso Portátil”, do Selvagens à Procura De Lei, no sábado (6), às 19h. Já no domingo (7), às 18h, a edição especial da revista em formato de Web TV “Cena São Luiz” reunirá as histórias dos artistas de rua que já passaram pelo programa: Wagner Gonçalves; Chris Rodrigues; Yorge e sua cachorrinha Jasper, a cachorrinha artista; Eduardo Show da Vida; Jonas Andrade; Palhaço Colorau; e Palhaço Pitchula. Toda a programação tem acesso gratuito e ficará disponível no site e canal de YouTube do Cineteatro.


As atividades têm correalização da Fundação dos Amigos do Theatro José de Alencar, é apoiado pela Secretaria Estadual da Cultura - Lei nº13.811, de 16 de agosto de 2006, e faz parte das atividades de comemoração do equipamento pelos seus cinco anos de reabertura.


Praia das Almas - Paracuru Cia de Dança


O espetáculo tem classificação indicativa livre, duração de 38 minutos, coreografia de Jorge Garcia e direção de Flávio Sampaio.


No final do Século XIX a Vila do Parazinho estava na Praia das Almas, origem da cidade de Paracuru. Soterrada pelas dunas, as casas, praças e ruas da antiga Vila fazem parte da memória do povo do interior do Ceará. O local de nascimento de Antônio Sales foi a inspiração do poeta no livro “Aves de Arribação”, ao ver sua vila natal ser encoberta pela areia das dunas. Metaforicamente trouxe para os corpos dos bailarinos a conexão dos ventos, a percepção do movimento dos grãos de areia, como eles fluem ou se comprimem e dependendo da ação dos ventos vão se agrupando de forma assimétrica sobre a vila que jamais será revelada.



Paraíso Portátil - Selvagens à Procura De Lei


Lançado em novembro de 2019, o quarto disco de estúdio de Selvagens à Procura de Lei, “Paraíso Portátil”, traz novos sons (que remetem ao pop moderno) e letras com sentimentos, medos, superações e renascimentos. O resultado é um disco à flor da pele. As novas faixas serão apresentadas em show homônimo e virtual, gravado no palco do Cineteatro São Luiz e inserção na faixa de programação Dentro do Som. A classificação indicativa é livre e a duração é de 50 minutos.


Sobre o Grupo


O primeiro disco dos Selvagens à Procura de Lei, Aprendendo a Mentir (2011, independente) é totalmente indie rock. O segundo, Selvagens à Procura de Lei (2013, Universal Music) é mais classic rock. O terceiro, Praieiro (2016, independente), é um rock “abrasileirado”. Em 2019, o Paraíso Portátil (independente) vem pop rock.


Muita coisa mudou desde 2009, quando a banda começou a trilhar seu caminho pelo Brasil. Paraíso Portátil é a resposta dos Selvagens à Procura de Lei para o momento atual, voltando para dentro de si mesmo em busca de respostas.


Cena São Luiz - Edição especial Artistas de Rua


Antes da pandemia, quem ia ao Cineteatro São Luiz era surpreendido pela efervescência artística da Praça: música, performance, estátua viva e dança, são só alguns exemplos da diversidade artística e diária do local. Com o objetivo de trazer essa lembrança, esse estar na Praça do Ferreira, o ir ao Cineteatro São Luiz e também tendo em vista a forte relação entre a “Casa de Arte” e os artistas da Praça é que a edição deste domingo do Cena São Luiz é com os artistas da Praça.


Sobre os artistas:


Wagner Gonçalves é escritor, ator, performer e integrante do Coletivo Arruaça. Em seu monólogo ‘Estourou’, o artista descreve a experiência de quem é obrigado a esperar caridade, ao mesmo tempo ele coloca em cheque a “caridade” que, de acordo com o mesmo, afasta e segrega.


Ainda jovem, Wagner deixou sua casa movido por uma depressão profunda. Morou nas ruas do centro de Fortaleza e presenciou diversas violências. Sua história mudou quando conheceu o teatro e a poesia.

Foto: Henrique Kardozo

Chris Rodrigues se denomina bixa, preta, poeta marginal, líder comunitária e educadora social. Incentivada por amigos a escrever suas frustrações e pensamentos sobre os mais diversos assuntos, Chris descobriu a potência de sua poesia e passou a declamá-las nos ônibus da cidade em busca de acender fagulhas de esperança e amor. Hoje é a atual bicampeã do Slam Violeta (campeonato cearense de poesia falada).


Foto: Henrique Kardozo

A dupla Yorge e sua cachorrinha Jasper, mais conhecida como cachorrinha artista, é celebridade da Praça do Ferreira.


Em 2014, Yorge assistiu a Copa do Mundo no Brasil e decidiu, junto a sua esposa, mudar-se para o país em busca de melhores condições de vida. No mesmo ano, atravessaram a fronteira e seguiram até a capital manauara, onde viveram anos em situação de rua. No Cena São Luiz, ele conta que foi presenteado com a cachorrinha Jaspen por ter oferecido comida a outros moradores de rua. De lá, seguiu para Fortaleza e hoje performa estátua viva com sua cachorrinha. Seu sonho é um tanto curioso, é ter uma estátua de verdade sua e de sua cachorrinha na Praça do Ferreira. “Estátua de um imigrante venezuelano que se descobriu fortalezense. Uma estátua, assim como a do Dragão do Mar, de bronze, de um pescador e sua cachorrinha marcando sua história na praça”, afirma.


Foto: Henrique Kardozo

Eduardo Show da Vida nasceu no interior da Bahia, teve complicações com paralisia infantil e tornou-se cadeirante. Depois de tanto rodar pelas ruas apenas com a força dos braços, percebeu que tinha potencial para fazer shows de acrobacias em sua cadeira. Hoje, com seus 50 e poucos anos, dá um verdadeiro show de força e bom humor, com acrobacias e quebrando cocos das formas mais inusitadas.




Jonas Andrade aprendeu a tocar violino em um projeto social em seu bairro. A música tornou- se um dos seus meios de expressão e principal aliado quando sofreu de depressão. Hoje, o estudante de música na Universidade Estadual do Ceará (UECE) e membro da orquestra da universidade, também toca nas ruas, para financiar seus estudos e tocar com sua música as pessoas que transitam pelas praças do Centro da cidade.


Foto: Henrique Kardozo

A história do Palhaço Colorau começou a se escrever na meninice de Jussier da Silva, no teatro improvisado com os nove irmãos no quintal da casa, em Juazeiro do Norte. Quando o projeto social Escola de Circo Barraca da União chegou à cidade, Jussier deu início à sua formação nas artes circenses. Malabares, monociclo, perna de pau, tudo foi aprendido, mas a escola não o ensinou a ser palhaço. “Palhaço não se aprende. Palhaço a gente tem de nascer com o dom”, afirma o artista. Um dos últimos e resistentes palhaços de rua de Fortaleza, Colorau fala da luta cotidiana para atrair a atenção do público e sobre a situação em que se encontra em função da pandemia.


Foto: Henrique Kardozo

Palhaço Pitchula é conhecido por misturar as trapalhadas da palhaçaria com a precisão do malabarismo, em um verdadeiro show de equilíbrio, bom humor e diversão.


Ainda novo, conheceu o grupo garajal de palhaçaria, na época não tinha interesse em palhaçaria mas na bolsa de 120 reais para alunos do curso de circo. Logo se inscreveu. A paixão cresceu mesmo quando começou nos malabares e acrobacias. Ao final do curso continuou a frequentar o grupo e logo se tornou pupilo de Maninho, coordenador do grupo. No Cena São Luiz, Pitchula conta sobre o mundo que descobriu e redescobriu viajando para festivais de circo, suas apresentações nas ruas e praças e as técnicas para atrair a atenção dos transeuntes e lhes arrancar gargalhadas.


Foto: Henrique Kardozo

Serviço


Dia 05/02 (sexta)

19h [Curta Mais Dança] Praia das Almas - Paracuru Cia de Dança

➜ Onde: no site https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/curtamaisteatro e canal no YouTube do Cineteatro http://youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza

Classificação Indicativa: Livre | Duração: 38min


Dia 06/02 (sábado)

19h [Dentro Do Som] Paraíso Portátil - Selvagens à Procura De Lei

➜ Onde: no site https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/dentrodosom e canal no YouTube do Cineteatro http://youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza

Classificação: Livre | Duração: 50 minutos

Dia 07/02 (domingo)

18h - Cena São Luiz Especial - Artistas De Rua

➜ Onde: no site https://www.cineteatrosaoluiz.com.br/cenasaoluiz e canal no YouTube do Cineteatro http://youtube.com/c/CineteatroSãoLuizFortaleza