Cineteatro São Luiz bate novo recorde de público de audiovisual no primeiro semestre de 2021

A cada ano, o Cineteatro São Luiz - equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult Ceará) - vem batendo recorde de público entre os que acompanham a programação audiovisual. Somente no primeiro semestre de 2021, o Cineteatro superou o total de público (nas programações virtual e presencial) de todo o ano de 2020. Até agora foram 210 mil espectadores para a linguagem do audiovisual, em comparação aos 143.473 espectadores registrados durante todo o ano passado.


Os números são significativos mesmo diante do período de pandemia, com realização de programações online. Entre os destaques estão mostras especiais em parceria com festivais de cinema e distribuidoras independentes, além das faixas de programação “Semana do Audiovisual Cearense”, que exibe produções audiovisuais de curta, média e longa duração nos mais diversos gêneros e temáticas, e “Sons do Ceará”, que exibe videoclipes de artistas e bandas cearenses.


O sucesso de público é destacado pelo curador e programador do cinema do Cineteatro São Luiz, Duarte Dias. “Ficamos felizes e honrados com a resposta que o público vem dando para a programação do cinema do São Luiz ao longo desses anos, em particular neste momento tão difícil, onde, por conta da pandemia, o São Luiz teve que se reinventar enquanto equipamento, o mesmo valendo para cada um de nós. Esse reconhecimento ao trabalho que vem sendo realizado nos faz crer que estamos no caminho certo e nos estimula no sentido de ampliar e qualificar ainda mais esse diálogo com o conjunto da sociedade cearense”, comenta.


Foto: Guilherme Silva


Histórico promissor

Com esse número de mais de 200 mil espectadores no 1º semestre de 2021, o Cineteatro São Luiz conquista a marca de mais de 800 mil espectadores desde a reabertura - somando o público das atividades de cinema apresentadas de forma presencial e virtual. “Este é um público de milhares de pessoas das mais diversas faixas etárias e camadas sociais que, cada qual a seu modo, se dispuseram a usufruir e prestigiar as políticas públicas propostas pela Secult e pelo Instituto Dragão do Mar nos últimos anos, expressas, no caso, por meio de projetos de acessibilidade e formação como o ‘Escola no Cinema’ - que recebe alunos das escolas públicas e entidades diversas para sessões de cinema brasileiro - e o ‘São Luiz Itinerante’, além das múltiplas e variadas faixas de programação de cinema ofertadas, de forma online e presencial, pelo São Luiz”, acrescenta Duarte Dias.


Considerando apenas as programações virtuais, que configuram um ponto de inflexão imposto pela pandemia da Covid-19 em março de 2020, quando o Cineteatro teve suas atividades presenciais suspensas, ressalta-se a valorização dada aos conteúdos genuinamente cearenses, com destaque para as faixas "Sons do Ceará" e "Semana do Audiovisual Cearense", responsáveis por mais de 280 mil visualizações nas plataformas do São Luiz na Internet (Youtube + Instagram), um alcance com repercussão, inclusive, em outros países.


Retomada presencial


O mês de julho marca a retomada gradual e responsável das atividades presenciais do cinema do Cineteatro São Luiz, com a exibição de 17 filmes em 25 sessões na faixa de programação “Clássicos São Luiz”, com entrada gratuita. Todos os filmes são legendados e contemplam os mais diversos gêneros e temáticas, indo da ficção científica ao drama, passando pelo suspense, terror, épico, aventura, comédia e filmes de caráter histórico.


Para tanto foi implementado um rigoroso protocolo de biossegurança, tendo em vista o cumprimento dos Protocolos de Reabertura para Cinemas do Governo do Ceará.


Dos 666 assentos da plateia inferior do Cineteatro estão disponibilizados 144, atendendo as normas gerais dos protocolos que estipulam capacidade de uma pessoa para cada 7 sete metros quadrados, exceto para pessoas da mesma família, de uma mesma residência e casais (máximo de 4 pessoas).


Não é permitida a entrada nem a permanência de pessoas sem uso de máscaras. É recomendado higienização das mãos, obrigatoriedade de distanciamento social e etiqueta respiratória (tossir e espirrar com proteção do cotovelo e da máscara). Quatro totens com álcool em gel 70% estão disponíveis para higienização das mãos em locais distintos do cinema.


Para participar das sessões, o interessado deve comparecer ao Cineteatro tendo em mãos documento de identificação com foto. Não há retirada de ingressos nas bilheterias e a entrada se dá pelas portas dianteiras do equipamento, local onde o público deve apresentar o documento sem contato com os atendentes e onde terá sua temperatura corporal aferida (através de termômetro digital infravermelho à distância). Na fila, deve-se respeitar o distanciamento social de 1,5 metros. Ao adentrar no equipamento, o público deverá seguir imediatamente para a sala de exibição. O Cineteatro irá abrir suas portas para receber o público trinta minutos antes de cada sessão.


O uso dos banheiros é restrito a duas pessoas por vez. A saída da sala de exibição após a sessão é feita por no mínimo três e no máximo cinco portas laterais (a depender da quantidade de público), respeitando a seguinte ordem: primeiro as fileiras próximas à saída, terminando com as mais distantes. Vale ressaltar que após toda sessão será realizada a higienização e a sanitização das poltronas e banheiros.


Foto: Guilherme Silva