CSL - EXPOSICOES.png
DIÁLOGOS IMAGINÁRIOS
por FÁBIO LIMA

“Diálogos Imaginários” surgiu a partir da observação de Fábio em como as pessoas interagem com os grafites mesmo sem perceberem, a partir daí ele começou a construir um diálogo imaginário entre elas e a cidade. Com este trabalho que desenvolve desde 2008, o fotojornalista ganhou dois prêmios: “Luciano Carneiro” na Associação de Imprensa (ACI) em 2008 (premiação anual de jornalismo) e “Prêmio Prefeitura de Fortaleza de Jornalismo” em 2017. Expôs no Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura durante o “Encontros de Agosto”, também no ano de 2017.

 

Esta exposição que estreia pelo São Luiz, no entanto, traz também novos cenários, eternizando na imagem o convívio da arte com a cidade no período atual de pandemia.

DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_01.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_02.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_03.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_04.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_05.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_06.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_07.JPG
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_08.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_09.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_10.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_11.JPG
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_12.JPG
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_13.JPG
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_14.JPG
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_15.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_16.jpg
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_17.JPG
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_18.JPG
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_19.JPG
DIÁLOGOS_IMAGINÁRIOS_FABIO_LIMA_20.JPG
FABIO LIMA_01 COVID.jpg
FABIO LIMA_02 COVID.jpg
FABIO LIMA_03 COVID.jpg
FABIO LIMA_04 COVID.jpg
25588064_1683973318307817_13504807656512

Foto: Aurélio Alves

Fábio Lima nasceu em São Paulo no ano de 1971. Em 1994, iniciou sua carreira no fotojornalismo e em 1997 se mudou para Fortaleza. Foi finalista em prêmios internacionais e vencedor de outros tantos nacionais nas categorias fotojornalismo, jornalismo e comunicação. Cobriu as Olimpíadas de Sidney, a Copa do Mundo de 2014 e os jogos Panamericanos de 2017. Recebeu menção honrosa na 1ª edição do Prêmio Plural de Jornalismo.